Acarajé

Rosilda Cruz 01/08/2009 Comentários

Acaraje Cira

Acarajé, Akará ou Acarajé, é uma comida do ritual do Candomblé da orixá Iansã e uma das delícias da culinária afro-brasileira feito de massa de feijão-fradinho, cebola e sal, frito em azeite-de-dendê, podendo ser servido com pimenta, camarão seco, vatapá, caruru, salada, praticamente todas estas iguarias são pratos da cozinha baiana.O acarajé também é um prato típico da culinária baiana e um dos principais produtos vendidos no tabuleiro da baiana (nome dado ao recipiente usado pela baiana do acarajé para expor os alimentos), que são mais carregados no tempero e mais saborosos, diferentes de quando feitos para o orixá.

Na África, é chamado de àkàrà que significa bola de fogo, enquanto je possui o significado de comer. No Brasil foram reunidas as duas palavras numa só, acara-je, ou seja, “comer bola de fogo”. Devido ao Modo de Preparo o prato recebeu esse nome.

O acarajé, o principal atrativo no tabuleiro, é um bolinho característico do candomblé. Sua origem é explicada por um mito sobre a relação de Xangô com suas esposas, Oxum e Iansã. O bolinho se tornou, assim, uma oferenda a esses orixás. Mesmo ao ser vendido num contexto profano, o acarajé ainda é considerado, pelas baianas, como uma comida sagrada. Por isso, a sua receita, embora não seja secreta, não pode ser modificada e deve ser preparada apenas pelos filhos-de-santo.

Acaraje da Cira

O acarajé é feito com feijão-fradinho, que deve ser quebrado em um moinho em pedaços grandes e colocado de molho na água para soltar a casca. Após retirar toda a casca, passar novamente no moinho, desta vez deverá ficar uma massa bem fina. A essa massa acrescenta-se cebola ralada e um pouco de sal.

Esse primeiro acarajé sempre é oferecido a Exu pela primazia que tem no candomblé. Os seguintes são fritos normalmente e ofertados aos orixás para os quais estão sendo feitos.

O acará Oferecido ao orixá Iansã diante do seu Igba orixá é feito num tamanho de um prato de sobremesa na forma arredondada e ornado com nove ou sete camarões defumados, confirmando sua ligação com os odu odi e ossá no jogo do merindilogun, cercado de nove pequenos acarás, simbolizando “mensan orum” nove Planetas. (Orum-Aye, José Benistes).

O acará de xango tem uma forma Ovalar imitando o cágado que é seu animal preferido e cercado com seis ou doze pequenos acarás de igual formato, confirmando sua ligação com os odu Obará e êjilaxeborá.

A forma de preparo é praticamente a mesma, a diferença está no modo de ser servido: ele pode ser cortado ao meio e recheado com vatapá, caruru, camarão refogado, pimenta e salada (feita com: tomate verde e vermelho mais coentro).O acarajé tem similaridade com o abará, difere-se apenas na maneira de cozer., o acarajé é frito, ao passo que o abará é cozido no vapor.

Fonte: Wikipédia

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (3 votes cast)

Acarajé, 10.0 out of 10 based on 3 ratings

Be Sociable, Share!

Comentários

  1. Olha, eu nunca fui na Bahia nao….sempre tive vontade. MAs um dia eu irei com certeza!! Mas ja comi um Acaraje que meu santo, eh bom demais!! Minha ex sogra eh baiana…ela cozinha maravilhosamente bem, maos divinas!!! Eita Baiana arretada so!!

  2. Karinna disse:

    Hum, acarajé é tudo de bom! Deu uma vontade de comer agora.
    Minha mãe é Baiana, mas nunca fez acarajé aqui em casa ):

  3. camila disse:

    hum….adorei!!!
    Aprendi a fazer essa deliciosa comida de mamãe!!

  4. Obrigada Camila, Cuidado com o azeite quente!!!

  5. amanda disse:

    nossa esse bolinhoo deve ser muito bom mesmo nossa só de ver me deu agua na boca .. adpreii .

  6. amanda disse:

    adoreii ;….

  7. lizangela disse:

    adorei

  8. [...] com as religiões de matriz africana etc. Quem quiser informações sobre isso, pode consultar este link ou este outro [...]

  9. keila taciana de oliveira disse:

    Gostaria de receber em meu email passo a passo o acaraje para que eu possa fazer para oferecer para IANSA , desde ja agradeço …….

  10. felixroberto disse:

    esta muy buena la pagina soy felix de xango hijo de pae juan carlos de oba nieto de la mae alcira de xango

  11. marcela disse:

    hola soy de Argentina. Amo las baianas y la mia en particular ,pero nunca pude llegar a conocer Brasil.- Quizás algo me retiene acá ya que creo que si visito Bahia ,me quedo a vivir alli! Tambien me gustaria conocer la religion desde las fuentes,que es ese territorio.-
    Un grande abrazo a todas las baianas y el pueblo brasileño!